Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

desenvolvimentoeconomico
Projeto Programando o Futuro: dados da primeira turma são apresentados

Publicado em 05/02/2020 às 17:27 - Atualizado em 05/02/2020 às 18:48


Créditos: Divulgação /PMT Baixar Imagem

Os parceiros do projeto Programando o Futuro, iniciativa que busca capacitar mão de obra para inclusão no setor de Tecnologia da Informação, em Tubarão, reuniram-se nesta quarta-feira (5), na Associação Empresarial de Tubarão – ACIT.

 

O projeto, que conta com a participação da ACIT - através de seu Núcleo de Tecnologia da Informação - da Prefeitura Municipal de Tubarão – por meio do programa Geração 2050 -, com o apoio da 3ª Companhia 63º Batalhão de Infantaria do Exército e do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), iniciou em 2019 e concluiu a primeira turma formada por soldados em exercício do serviço militar obrigatório.

 

Dados do IFSC mostram que, nesta primeira etapa, a média de aprovação foi de 80% dos 40 alunos inscritos, sendo que 72% sinalizaram interesse em continuar na área de Tecnologia. “Um dos propósitos do Exército é atender à comunidade principalmente através de seu capital humano, por isso, é muito importante capacitá-los para cumprirem este objetivo”, afirma o atual comandante, Capitão Rafael Soares Cristofari.

 

Para o presidente da ACIT, Edson Martins Antônio, é muito positivo ver os primeiros frutos desta parceria. "Na missão a Israel foi possível ver os resultados práticos e bem-sucedidos da integração entre os setores de segurança e de tecnologia. Este projeto traz à nossa cidade e região, um modelo que já serve como referência na forma de gerar oportunidades através da capacitação de mão de obra”, reforça.

 

No início deste ano, será iniciada nova turma, desta vez com inscrições abertas à comunidade. Uma vez inscritos, os candidatos farão uma avaliação na ACIT, prevista para o início de março. As inscrições serão online e com data ainda a ser divulgada. Para participar, basta ter mais de 14 anos, sendo que as vagas para seleção serão limitadas a 240 participantes que resultarão em 40 novos participantes do curso.

 

Na terceira turma, prevista para 2021, o curso será novamente aberto aos soldados em serviço militar.

 

O projeto Programando o Futuro é pioneiro no Brasil, nestes moldes, foi inspirado em iniciativas vistas durante a Missão Israel 2019, e contou com a parceria de empresas de Tecnologia da Informação:  Attornatus, Engie, GAM, Grupo Trier, Minha Entrada, News Soft, OSTEC, Projedata e WMW. Além de contribuir para atender a necessidade das empresas de TI, por mão de obra, também visa trazer oportunidades a jovens que buscam uma colocação no mercado de trabalho. As aulas acontecem no período noturno, no IFSC, com participação totalmente gratuita. Mais informações na ACIT, pelo telefone (48) 3626-6222 com o consultor, Luiz Antonio Duarte, gerente do projeto.

 

Fonte: Elke Schuch Borges / ACIT