---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Com seis notas máximas da avaliação do PMAQ, Tubarão é a 1ª cidade de SC e a 37ª no ranking nacional

Publicado em 24/09/2019 às 15:54 - Atualizado em 24/09/2019 às 16:02

Os tubaronenses possuem um atendimento de saúde de qualidade, segundo avaliação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), referente a 2017. As certificações do último ano para as de agora evoluíram 96% na arrecadação, acrescentando em melhorias nos serviços à população, por meio de incentivo financeiro. Os serviços ofertados que fizeram parte da pesquisa foram o do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), postos de saúde e atendimento da saúde bucal.

 


Visando provocar mudanças positivas em todas as atividades, o programa do governo federal avalia as melhorias que foram realizadas no acesso e na qualidade dos serviços aos pacientes na área da saúde. O processo avaliativo acontece por ciclos que ocorrem, geralmente, de dois em dois anos. Por intermédio da avaliação realizada são feitos repasses para auxiliar e assegurar os serviços, e quanto maior as notas, maior o repasse do governo federal para a cidade.

 


Atualmente, são seis as Unidades Básicas de Saúde (UBS) com a nota máxima, definida como “ótima”. 20 com nota “muito bom”, três “bom” e uma “regular”. “Nós criamos uma comissão para cuidar desses processos, critérios e acompanhar de perto como andavam as equipes. O resultado só mostrou que estamos no caminho certo”, pontua o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Daisson José Trevisol.

 

Até então, o município arrecadava com as certificações em torno de R$ 149 mil mensais. Agora, com as novas avaliações, são R$ 285 mil, sendo 40% destinados aos funcionários dos grupos avaliados e os outros 60% ficam para a gestão, a fim de garantir melhorias na UBS, por meio de reformas, compra de insumos e manutenção de estagiários. Esse acordo foi assegurado pelo projeto de lei ordinária nº 177/2019, na origem 089/2019, votado na última segunda-feira (23) e aprovado pela Câmara de Vereadores do Município com todos os 14 votos favoráveis.

  

Os bons resultados são consequência de toda organização da gestão e, principalmente, dos funcionários. Sem o esforço de todos, a avaliação não seria tão positiva assim, como comenta Daisson. “Cobramos muito das equipes no atendimento e acolhimento, para melhorar sempre. E o resultado mostra que eles estão seguindo e nos ajudando a melhorar o acesso e a qualidade da saúde no município.”

 


Aos números


- Entre os mais de cinco mil municípios participantes do programa, no quesito de arrecadação que é a gratificação financeira, Tubarão fica em 51º.


- Já na arrecadação entre os municípios de 100 a 300 mil habitantes, Tubarão fica em 14º.


- E no estado de Santa Catarina, Tubarão é a 4ª cidade em número de arrecadação financeira.

 

Ranking de nota máxima

- Entre os participantes do país todo, Tubarão fica na 37ª posição, com seis notas “ótimas”.


- Entre os municípios brasileiros de 100 a 300 mil habitantes, a Cidade Azul fica em 5º lugar com as avaliações máximas.


- E de Santa Catarina, com as seis notas máximas, Tubarão fica em 1ª posição!


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar