Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

social
Atualização do Cadastro Único deve ser realizada para evitar bloqueio do BPC

Publicado em 13/05/2022 às 18:42 - Atualizado em 13/05/2022 às 18:42

As pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada – BPC e que não se inscreveram no Cadastro Único, ou que estão com o cadastro desatualizado, terão o benefício bloqueado.

 


Com a publicação do Decreto n° 8.805/2016 do Governo Federal, tornou-se obrigatória a inclusão dos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – BPC no Cadastro Único para a manutenção e requerimento desse benefício.

 


Os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS) devem estar inseridos no Cadastro Único e com este atualizado anualmente.

 


A assistente social e coordenadora do Setor de Cadastro Único no município Gilmara Esterchotter Nunes orienta a todos os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada que estão com seu cadastro desatualizado a procurar atendimento nos Centros de Referência de Assistência Social mais próximo: CRAS I Humaitá, CRAS II Passagem, CRAS III Oficinas, ou no Setor de Cadastro Único, localizado na Fundação Municipal de Desenvolvimento Social, para agendar a inclusão/atualização do Cadastro Único. “Muitos beneficiários estão com o benefício suspenso por falta de atualização, no ato do atendimento as pessoas são bem orientadas para atualizar seu cadastro anualmente, ou quando tiver alguma alteração de endereço, comosição familiar e renda, mas acabam esquecendo e não retornam ao Setor, ocasionando a exclusão do cadastro e o bloqueio do benefício”, destaca a coordenadora.