---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

meioambiente
Escolas apresentam trabalhos do projeto Verde é Vida

Publicado em 13/08/2019 às 17:17 - Atualizado em 13/08/2019 às 17:18


Créditos: Heloísa Marilda Cardoso de Oliveira/Decom/PMT Baixar Imagem

Estudantes das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) Presidente Juscelino Kubtischeck e São Martinho fizeram, nesta terça-feira (13), a apresentação dos trabalhos da etapa regional do projeto Verde é Vida, uma iniciativa da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), nos três estados do Sul do país. Escolas de Gravatal e Braço do Norte também participaram do evento realizado no salão paroquial da igreja Nossa Senhora de Fátima, em Tubarão.

 

Os dois trabalhos realizados pelos alunos de Tubarão foram a Pesquisa Científica de Reaproveitamento Alimentar, da EMEB Presidente Juscelino Kubtischeck, realizado pelos alunos Maria Corrêa Norberto e João Lucas da Silva, sob a supervisão da professora Francieli Bittencourt Lemes, e o Projeto Mosquitos: Uma Ameaça Visível, da EMEB São Martinho, de autoria das alunas Sabrina Leonardo Mendes e Jennifer Martins da Silva, com a orientação da professora Aline Goulart Corrêa.

 

Palestra com Alessandro de Medeiros, do grupo de Escoteiros de Tubarão e gincana cooperativa integraram a programação do evento que foi aberto com fala das autoridades e apresentação do número de dança “A Era da Paz”, desenvolvida por estudantes da EMEB Presidente Juscelino Kubtischeck.

 

O objetivo do Verde é Vida é desenvolver a educação socioambiental, visando à preservação do ambiente, educação no meio rural, sustentabilidade, diversificação e a valorização dos agricultores. O trabalho é realizado com palestras, pesquisa, experiências, programas de sensibilização ambiental (PSA) e de ação socioambiental (PASA), coleta de óleo saturado, bolsa de sementes, grupos ambientais, trabalhos científicos, distribuição de mudas e material didático-pedagógico. O Projeto Verde é Vida trabalha em parceria com municípios, escolas, alunos, professores e a comunidade escolar.

 

Para o prefeito Joares Ponticelli, as últimas gerações não tiveram preocupação com preservação ambiental, mas as crianças e adolescente de hoje têm uma consciência sobre essa tema que ajudará na busca de um mundo com mais qualidade de vida.
“O homem cuidou bem pouco do meio ambiente e nós estamos sentido as consequências disso. Aquecimento global, enchentes, secas prolongadas, essas alterações são resultados de gerações inteiras que não cuidaram do lugar onde viviam. Por isso esse programa e a participação de vocês é importante. Temos que agir o quanto antes para compensar o que deixou de ser feito em benefício do meio ambiente”, destacou o prefeito.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar