---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educacao
Valorização do professor é um compromisso diário

Publicado em 11/10/2018 às 18:49 - Atualizado em 11/10/2018 às 18:52

A rede municipal de Educação possui em torno de 300 professores efetivos e 450 contratados pela modalidade ACT (admitido em caráter temporário). Os educadores são responsáveis por atender mais de 6 mil alunos, divididos em 32 Centros de Educação Infantil (CEI) e 14 Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB).

 

 

Além do apoio à capacitação dos profissionais da área educacional, o salário pago aos professores da rede municipal de Tubarão é um dos maiores do estado.

 

 

Em abril, a Amurel realizou, a pedido da prefeitura de Tubarão, levantamento que apontou os salários dos professores inativos, efetivos e ACT, dos municípios pertencentes à Amurel e de grandes cidades catarinenses, como Florianópolis e Blumenau.

 

O comparativo demonstrou que a média salarial dos professores de Tubarão é o maior entre todos os municípios que participaram da pesquisa. A média salarial dos atuais 111 professores inativos é de R$ 4.076.00. Já os professores efetivos, que em abril somavam 308, têm uma média salarial de R$ 7.240,00 e os admitidos em caráter temporário recebem um salário médio de R$ 3.467,71.

 

A rede municipal de Educação de Blumenau, por exemplo, tem cerca de 3 mil professores, entre efetivos e ACT, que atuam em 47 escolas municipais e em 77 Centros de Educação Infantil (CEI). A média salarial dos educadores efetivos de Blumenau é de R$ 5.033,33. O salário do mesmo grupo, de Tubarão, é 43% maior. Já os professores ACT da cidade do Vale Europeu têm um salário médio de R$ 3.061,60, quase R$ 500,00 a menos do que os professores de Tubarão.

 

O comparativo também indicou grande diferença salarial entre os professores da rede educacional de Tubarão e de Florianópolis. A capital catarinense conta com 3,2 mil professores – entre efetivos e ACT – que atendem uma clientela de mais de 30 mil alunos, somando-se as crianças da educação infantil e os estudantes do ensino fundamental. Os professores efetivos de Florianópolis têm um salário médio de R$ 6.196,00, cerca de R$ 1.000,00 inferior ao de Tubarão. Os professores da modalidade ACT recebem uma média de R$ 2.402,51. O salário dos educadores ACT tubaronenses é 44% maior.

 

O prefeito Joares Ponticelli lembra que a administração municipal tem feito um grande esforço para cumprir todos os compromissos e valorizar cada vez mais os professores. “Neste ano, ao implementar o reajuste do piso integralmente, comprometemos substancialmente o nosso orçamento, mas pagar um dos melhores salários da rede municipal de Santa Catarina é algo que nos enche de orgulho. Isso é resultado direto da humanização da categoria, já que buscamos oferecer condições para que os professores possam cumprir cada vez melhor o seu papel de bem educar, de bem instruir, de bem informar as nossas crianças”, avalia.

 

Ponticelli acredita que há muitos motivos para comemorar no Dia do Professor. “Temos certeza de que estamos no caminho certo da valorização do professor e o que a sociedade espera agora é que seja ofertado um ensino cada vez mais qualificado, pois esta é uma estrada de mão dupla, enquanto de uma ponta o poder público valoriza e humaniza o trabalho do professor, de outra precisamos devolver à sociedade uma educação cada vez melhor”, reforça.

 

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação, Mário Cardoso endossa que os professores precisam ser valorizados, pois está nas mãos deles abrir as portas para um futuro feliz e vitorioso para todos os nossos estudantes. “Esses profissionais dedicam seus dias à educação, com responsabilidade e humanidade, por isso a gestão faz o possível para garantir o piso salarial, permitindo que estejam em um patamar entre os melhores salários dos profissionais da educação de nosso estado.”


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar