Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educacao
Material didático da Conferência Municipal de Educação Financeira e Fiscal é discutido em reunião

Publicado em 19/05/2022 às 17:28 - Atualizado em 19/05/2022 às 17:52


Créditos: Divulgação/PMT Baixar Imagem

Gestores do município envolvidos no programa de Educação Financeira e Fiscal estiveram, nesta quinta-feira (19), em Florianópolis para ajustar o cronograma da elaboração do material didático do passo a passo da conferência municipal de Educação Financeira e Fiscal, que será realizada em novembro deste ano. 

 

A conferência vai marcar a conclusão dos trabalhos que darão a formatação ao programa de Educação Financeira e Fiscal.

 

A reunião aconteceu na Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). O  gerente de Atendimento ao Cidadão Felipe Felisbino, representando a Secretaria da Fazenda, a presidente da escola do legislativo de Tubarão vereadora Luciane Tokarski e o vereador Nilton de Campos foram recebidos pela diretora da Escola do Legislativo da Alesc, Rossani Thomas.

 

“A educação financeira é de fundamental importância para vida das crianças e dos jovens. Todos devem ser alfabetizados financeiramente para obter habilidades e competências saudáveis para a participação na sociedade, exercendo cidadania. No dia a dia percebemos a importância de se trabalhar a educação financeira com as crianças”, destacou Luciane.

 

No início do ano Tubarão foi a primeira cidade do país a se habilitar para receber o programa de Educação Financeira e Fiscal. A iniciativa é coordenada pela secretaria da Fazenda, em conjunto com a Coordenadoria do Núcleo Referência de Educação Financeira Sul da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), vinculada ao Ministério da Economia, sob a orientação pedagógica da Fundação Municipal de Educação e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

 

“Durante o atendimento do contribuinte são frequentes as situações que deixam transparecer a falta de conhecimento para tratar questões financeiras, o que acaba agravando a condição econômica e social, com reflexos, inclusive, na relação com o fisco. Por isso a importância de se levar à população o conhecimento capaz de melhorar a compreensão sobre conceitos e produtos financeiros, para promover a cidadania”, lembra o secretário de Fazenda Raphael Bianchini.

 

São parceiras da iniciativa em Tubarão instituições como Unisul/Ânima, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME),  Conselho Estadual de Educação de SC (CEE-SC) E Secretaria de Estado da Educação.