Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educacao
Nenhum professor da Rede Municipal de Ensino de Tubarão ganhará menos que R$ 5.137,84

Publicado em 18/05/2022 às 17:57 - Atualizado em 18/05/2022 às 18:16

Nesta semana, a prefeitura de Tubarão anunciou a revisão geral de 12,46% nos vencimentos dos agentes políticos e servidores públicos municipais, ativos e inativos, inclusive dos professores da rede municipal de ensino, estes últimos com efeito retroativo a 1º de janeiro de 2022.

 

Desta forma, enquanto muitos municípios não conseguem pagar o Piso Nacional da Categoria, em Tubarão, nenhum professor da rede municipal de ensino ganhará menos do que R$ 5.137,84, por 40 horas semanais de trabalho. Esse valor é resultado da soma do novo piso (R$ 3.845,63), acrescido de 18% de regência de classe, mais R$ 600,00 de vale-alimentação.

 

Para os professores efetivos, o aumento incidirá também na regência de classe – 18% ou 40% – na compensação do FGTS (8%), nos triênios (5%) e/ou quinquênios (5%), no adicional de tempo de serviço (15%) e no vale-alimentação, que passará para R$ 600,00.

 

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação, Maurício da Silva, salienta que os professores da rede municipal recebem todo o apoio e atenção, seja na oferta de salários adequados, bem como na disponibilidade de capacitaçõespara ampliar a qualidade do processo ensino-aprendizagem. “Nos preocupamos em oferecer condições propícias e salários condizentes e temos certeza de que isso refletirá na atuação de nossos professores. Com o esforço de todos, vamos resolver problemas como o baixo índice do IDEB e excesso de faltas, algo que nos preocupa muito, pois além do aumento de gastos com substituições de professores, a ausência desorganiza o planejamento escolar, já que para não dispensar os estudantes, o secretário ou o diretor têm que ir para a sala de aula”, reconhece.