Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Mutirão de testagem para Covid-19 teve 769 casos positivos e 711 casos negativos

Publicado em 13/01/2022 às 16:06 - Atualizado em 13/01/2022 às 16:06


Créditos: Marcelo Becker/Decom/PMT Baixar Imagem

A Fundação Municipal de Saúde finalizou nesta quinta-feira (13) o balanço do mutirão de testagem realizado, quarta-feira (12), na Arena Prefeito Estêner Soratto da Silva. Foram realizados 1.480 testes do tipo antígeno, sendo que em 711 o resultado foi negativo e 769 pessoas testaram positivo para Covid-19, o que equivale a 51,95% do movimento total do dia.

 


As senhas para a realização da testagem foram entregues até as 19 horas, mas toda a estrutura disponibilizada na Arena Multiuso trabalhou até as 21 horas, quando as últimas pessoas foram atendidas. No total cerca de duas mil senhas foram entregues, mas uma parte do público, por algum motivo, acabou desistindo de esperar pelo atendimento.

 

Das 769 pessoas que testaram positivo todas passaram na sequência pelo atendimento médico, sendo que cada caso teve encaminhamento diferenciado. Quem precisou de medicamentos já pegou logo em seguida no posto da Farmácia Básica. No total, foram distribuídos aos que testaram positivo uma quantidade de 7.139 medicamentos, considerando a quantia unitária de comprimidos, pílulas e frascos.

 

O mutirão contou com a participação de cerca de 100 pessoas entre servidores da Fundação Municipal de Saúde e servidores de outras secretarias da prefeitura além de voluntários.

 

Para que a logística da iniciativa funcionasse conforme o planejado e com menos riscos possíveis à saúde do público e dos servidores mobilizados, quase toda a estrutura da Arena Multiuso foi aproveitada para cumprir o distanciamento social e separação de cada etapa do atendimento. O primeiro passo, com a entrega das senhas e a chamada individual para o preenchimento dos formulários, foi feita na quadra do complexo esportivo. Assim, cada pessoa se acomodou nas arquibancadas de maneira mais confortável até o momento que o número era chamado pelo serviço de som do mutirão.

 

A realização do teste antígeno, segunda etapa, aconteceu no espaço de eventos ao lado do teatro da Arena. Por se tratar da coleta de material, todos os profissionais da Saúde usaram roupas especiais e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e poucas pessoas eram atendidas de maneira simultânea.

 

As últimas duas etapas aconteceram no teatro, onde o público aguardava a entrega dos resultados do exame. Quem testou negativo era liberado para ir embora, mas quem descobriu estar com Covid-19 precisou do atendimento médico e encaminhamentos. A higienização dos ambientes e de espaços ou dos objetos manuseados pelo público foi feita constantemente.

 

“A testagem foi muito importante para que as pessoas que positivaram se isolem neste momento e não fiquem transmitindo a doença para o restante da população. A variante Ômicron tem transmissão muito rápida, por isso o isolamento e a testagem são necessárias para que possamos interromper a transmissão”, reforça o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde Daisson Trevisol.

 

Vacinação

 

O Centro de Vacinação instalado na Arena Multiuso teve uma mudança de local. Agora, o serviço funciona no teatro, com acesso do público pelo portão localizado junto à avenida Afonso Pena. O horário de vacinação é das 9 às 19 horas, de segunda a sexta-feira.